Mamografia Digital
Mamografia Digital

Mamografia Digital

R$135,00R$153,00

MAMOGRAFIA DIGITAL BILATERAL

Limpar
Código: 40808041 Categoria:

Informação adicional

Código TUSS

40808041

Localidade

Prestador

Tipo de associação

Associado Cartão Essencial, Associado Cartão Master, Não associado (Particular)

Descrição

Mamografia (código da AMB: 4.08.08.03-3, 4.08.08.04-1)

(Mamografia convencional bilateral – código AMB: 4.08.08.03-3) / (Mamografia convencional digital – código AMB: 4.08.08.04-1)

Mamografia: o que é?

A mamografia é um procedimento que utiliza baixas doses de raios X para examinar a mama humana; o teste é utilizado no diagnóstico de diferentes tipos de tumor, nódulos e de cistos. Somente a mamografia se mostrou ser útil na triagem de casos de câncer de mama, e se mostrou capaz de diminuir a mortalidade por esta causa.

Na fase inicial do câncer de mama, a mamografia é ainda a modalidade diagnóstica de escolha para o diagnóstico do tumor; o exame é considerado como padrão-ouro para outros métodos de imagem, como a ultrassonografia, tomografia e ressonância nuclear magnética.

Em alguns países, a mamografia é indicada anualmente para mulheres mais velhas como método de triagem para diagnostico precoce do câncer de mama. O Colégio Brasileiro de Radiologia recomenda o screening mamográfico a partir dos 40 anos.

Exames de mamografia de alta resolução possibilitam a descoberta de sutis mudanças de densidade em todos os tipos de tecidos da mama, e permitem otimizar o contraste com a menor dose possível de radiação.

A mamografia é capaz de detectar a maioria dos tipos de câncer, antes que a paciente ou seu médico possam sentir alguma nodulação no seio, à palpação. O exame também é utilizado para avaliar nódulos que tenham sido percebidos durante o exame das mamas, ajudando a determinar quais nódulos são cancerosos e quais são benignos. No entanto, todos os nódulos suspeitos devem ser biopsiados ou removidos, mesmo que ele aparente ser benigno pela mamografia.

A mamografia pode também mostrar a localização exata do nódulo, antes da paciente ser submetida a uma cirurgia ou biópsia para removê-lo.

Benefícios do exame

A mamografia auxilia o médico no diagnóstico de doenças da mama, e, mais comumente, ajuda na detecção de câncer de mama em estágio precoce. Quanto menor e mais localizado o câncer no momento do diagnóstico e início do tratamento, maior a chance de cura. A mamografia permite a detecção de alguns tipos de câncer 1 ou 2 anos antes do que o médico assistente seja capaz de detectá-lo no exame clínico das mamas. Sabidamente, existe uma melhor possibilidade de cura se o câncer for descoberto em estágios iniciais.

Preparo

A paciente deve se certificar de que suas axilas e tórax estejam limpos. Desodorante, talco, loções, cremes ou perfumes nas axilas e tórax não devem ser utilizados no dia em que a mamografia for ser realizada, pois estes produtos podem dificultar a interpretação correta do exame (os produtos podem aparecer na radiografia como manchas de cálcio, levando a um diagnóstico errôneo).

Mulheres mais jovens, que ainda tenham períodos menstruais, poderão se sentir mais confortáveis ao fazer a mamografia 2 semanas após o fim da menstruação; nesta época do ciclo, as mamas podem se tornar menos túrgidas e o exame será menos incômodo.

O medico deve ser comunicado das seguintes situações:

  • Gravidez confirmada ou possibilidade de estar grávida. A mamografia é um exame de raio X, e não dever ser usada para triagem diagnóstica de rotina durante a gravidez;
  • Amamentação – podem não ser obtidos resultados claros em um seio repleto de leite;
  • Existência de implante de prótese mamária
  • Biópsia ou cirurgia na mama previamente ao exame – os procedimentos cirúrgicos prévios podem deixar uma cicatriz na mama, alterando a interpretação do exame.

Realização do exame

A mamografia é realizada em locais equipados com aparelho de diagnóstico radiológico específico, tais como clínicas especializadas de mastologia, hospitais, centros de especialidades, ou até mesmo utilizando se equipamento móvel.

A paciente deverá retirar sua blusa, sutiã e acessórios, tais como colares e brincos. O exame leva apenas alguns minutos. O técnico irá posicionar a mama sobre uma plataforma e colocar uma placa por cima, pressionando levemente. Isto pode ser incomodo por alguns segundos, mas permite que os raios X mostrem melhor o tecido profundo dos seios. Imagens frontais e laterais das mamas são captadas.

Duas ou três chapas em posições diferentes são tiradas de cada mama, para avaliar todo o seio. Cada chapa leva apenas poucos instantes para ser realizada.

Até poucos anos atrás, a mamografia era tipicamente executada em filmes radiológicos. Atualmente, mamografia está numa fase de transição para a detecção digital.

Sempre há um leve risco de dano a células ou tecidos expostos a qualquer radiação, inclusive os pequenos níveis de radiação usados para este teste. Porém, o risco de dano pelos raios X é muito baixo, se comparado com os benefícios potenciais do teste.

Processo de diagnóstico

O processo de diagnóstico para câncer de mama geralmente consiste em mamografias de triagem, mamografias de diagnóstico, e mamografias de biópsia quando necessário.

Fonte: BoaSaúde

Avaliações

Ainda não há avaliações.

Seja o primeiro a avaliar “Mamografia Digital”

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *